Índice de Cidades Empreendedoras 2020

Acrise iniciada em 2020 com a pandemia de covid-19 impactou governos e gerou uma necessidade urgente: salvar vidas. Mas, os impactos a doença também afetou outras áreas, como a educação, a economia, o cenário cultural, entre outros.

As lideranças públicas devem adotar políticas para acelerar a retomada prevista em 2021 de modo a recuperar o crescimento econômico, a geração de empregos, a atração de novos negócios e estimular a inovação e a competitividade no Brasil.  

Diante desse cenário e com o objetivo de apoiar gestoras e gestores públicos nessa retomada, nos unimos com a Enap para elaborar a edição 2020 do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE).Baixe o índice

O ICE analisou e ranqueou as 100 cidades mais populosas do país em sete dimensões – ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora – para descobrir quais são as cidades com melhores condições para empreender no Brasil. 

O grande destaque da edição são as cidades fora do eixo tradicional de negócios (Rio-SP-BH) que estão reunindo características que favorecem, cada vez mais, o fortalecimento de ecossistemas empreendedores locais, com destaque para capital humano, inovação e cultura empreendedora.

Através dos bons exemplos analisados, é possível entender quais aspectos das cidades devem ser valorizados e quais precisam ser melhorados. O índice também apresenta boas práticas para aprimorar políticas públicas.

Melhorando o ambiente de negócios local e fomentando o empreendedorismo nas cidades, vamos, juntos e juntas, desenvolver o Brasil e, principalmente, superar essa crise.