O cenário de open innovation em negócios B2C

Cerca de 1/4 da população brasileira consome online e esse número cresce a cada dia. Este material mostra uma visão dos nossos parceiros, GPA e Nestlé, sobre o cenário de open innovation em negócios B2C, um dos maiores mercados do Brasil. 

Negócios B2C (“Business to Consumer” ou “Empresa para consumidor”) são aqueles que oferecem soluções – produtos ou serviços – voltadas para o consumidor final, pessoa física. Os modelos de negócio mais comuns são:

  • Serviços ao consumidor: empresas que prestam serviços ao consumidor final. 
  • Varejo online: empresas focadas em venda de produtos para o consumidor final.
  • Marketplace: empresas que atuam na conexão entre duas pontas (C-C, B-C), com foco em venda de produtos ou serviços para o consumidor final.

O mercado de  negócios B2C é próspero e um dos maiores do Brasil: são 58 milhões de consumidores online, cerca de 27% da população brasileira. 

2019 foi o ano em que o comércio digital registrou um faturamento de R$ 61,9 bilhões, o que representa uma alta de 16,3% em relação a 2018. Segundo um mapeamento da Ebit e Nielsen, o número de compras online totalizou R$148,4 milhões. 

Em 2018, também houve um aumento de 37,59% no número de lojas online, atingindo a marca de 930 mil sites dedicados ao comércio eletrônico no país.